motivos procurar psicologo 20 ago 2018

Ansiedade / Psicoterapia Individual / Relacionamentos / Terapia de Casal e Familiar

Comments: Nenhum comentário

Os 8 Principais Motivos Para Ir Ao Psicólogo.

Felizmente, já se foi o tempo em que ir ao psicólogo era visto como “coisa de maluco”. Entretanto, muitas pessoas ainda desconhecem em que situações devemos ou podemos recorrer a um profissional da área de psicologia.

Levando em consideração que a esfera emocional e afetiva do ser humano merece tanto cuidado quanto sua parte física e que uma pode interferir na outra, é importante buscar ajuda profissional especializada. Durante a vida passamos por diversos momentos difíceis e buscar um psicólogo é mais do que alguém que irá te ouvir, o psicólogo é alguém treinado, com anos de estudo, diferentes técnicas e abordagens, terapia e supervisão clínica, que irá te auxiliar a enfrentar situações diversas.

Listamos abaixo uma lista dos 8 principais motivos que levam as pessoas a buscarem um psicólogo.

Conheça os 8 principais motivos para ir a psicólogo:

  1. Aprender a lidar com a morte de um ente querido. A morte é uma parte inevitável da vida, mas isso não faz dela algo fácil de se lidar. Cada pessoa reage diferente diante da perda de um ente querido, seja um pai ou um animal de estimação, de forma diferente. As formas de expressar o sofrimento podem ser mais abertas ou discretas, mas evitar a realidade da perda pode levar a problemas mais graves e persistentes. Um psicólogo é o profissional certo para ajudar a encontrar maneiras apropriadas de lidar com a morte de alguém próximo e querido.
  2. Controlar o estresse e a ansiedade. Certas facetas da vida são estressantes, e muitas situações, de uma entrevista de trabalho a problemas de relacionamento, podem nos deixar ansiosos. O estresse e a ansiedade, quando em excesso e não tratados, podem levar ao isolamento social, à depressão e a uma série de outros problemas. Um psicólogo está devidamente preparado para ajudar o paciente a gerenciar o estresse e a ansiedade, proporcionando a identificação das causas dos problemas, bem como maneiras apropriadas de superá-los.
  3. Diagnosticar e tratar a depressão. Os sentimentos abruptos de desamparo ou desesperança são sinais comuns de depressão. Enquanto muitos acreditam que a depressão, “passa sozinha”, isto raramente ocorre. A depressão é um distúrbio comum onde as pessoas perdem o interesse pelas coisas, experimentam fadiga e muitas vezes têm problemas para controlar suas emoções, entre outros sintomas. Os psicólogos são capazes de diagnosticar e tratar adequadamente a depressão.
  4. Lidar com Problemas familiares e de relacionamento. Relacionamentos, familiares, pessoais e de trabalho, têm seus altos e baixos. Embora possam ser algumas das melhores coisas da vida, os relacionamentos podem certamente ser uma fonte de estresse e problemas também. Trabalhar com um psicólogo (individualmente ou em grupo) pode ajudar a resolver os conflitos que podem surgir mesmo nos relacionamentos mais sólidos e felizes.
  5. Abandonar hábitos prejudiciais e vícios. Alguns hábitos prejudiciais à saúde física e mental, como tabagismo e uso de drogas lícitas (incluindo medicamentos) ou ilícitas, costumam ser usados para escapar ou automedicar problemas maiores e subjacentes. O psicólogo está habilitado a ajudar tanto quem quer se livrar dos hábitos prejudiciais e vícios quanto quem convive com pessoas em tais situações.
  6. Diagnosticar e tratar transtornos mentais. Às vezes, sintomas múltiplos são causados por problemas maiores. Os distúrbios mentais podem se manifestar de várias maneiras e geralmente são disfarçados de outra coisa, só podendo ser descobertos com a ajuda de um profissional de saúde mental. Alguns distúrbios mentais com sintomas variados incluem: transtorno bipolar, transtorno borderline, esquizofrenia e transtorno de estresse pós-traumático.
  7. Obter ajuda para alcançar objetivos. Algumas das pessoas mais bem-sucedidas alcançam seus objetivos primeiro visualizando-os. Os atletas geralmente se preparam mentalmente para uma competição com a mesma intensidade com a qual eles treinam fisicamente seus corpos. Outros usam essas técnicas para se preparar proativamente no enfrentamento dos desafios da vida. O psicólogo é um profissional habilitado para ajudar uma pessoa a se preparar para grandes desafios e atingir seu mais alto potencial, seja nas Olimpíadas ou numa entrevista de emprego.
  8. Prevenção. Pouco se fala na importância da prevenção na área de saúde mental, infelizmente. Assim, como não deveríamos deixar para ir ao dentista só quando temos cáries ou ao oftalmologista quando não enxergamos bem, também deveríamos fazer consultas de rotina com o psicólogo  prevenir problemas de ordem psicológica. Se os motivos anteriores não se aplicam a você, mas, mesmo assim, você acha que deve buscar um profissional de psicologia para uma avaliação, tem toda a razão; não é preciso ter um motivo específico para ir ao psicólogo.

Esperamos que essa lista com os 8 principais motivos para ir ao psicólogo contribuam para a compreensão da importância desse tipo de ajuda especializada para nossa saúde como um todo. Como você viu, há situações específicas em que devemos procurar um psicólogo e também podemos recorrer a esse profissional para avaliações de rotina.

Essa matéria tem caráter informativo. Se você se identificou com qualquer sintoma busque ajuda profissional, procure um psicólogo.

Fonte: IIPB – Instituto Integrado de Psicologia Bragança.

Fone: 11 2277-4283 ou whatsapp: 971438628

Psicólogos em Bragança Paulista e região. – Atendimento infantil, adolescente e adulto.

www.iipb.com.br

 

Deixe uma resposta

Whatsapp!